Franquias no Brasil: 4 passos para se tornar um franqueado

 

melhores franquias para investir

O primeiro passo para se tornar um franqueado é pesquisar sobre as melhores franquias para investir.

 

Conforme explicamos em outro post, as franquias no Brasil são um setor em plena expansão. Trata-se de uma maneira mais simples de ter o próprio negócio: o empreendedor não está sozinho, ele conta com o apoio da franqueadora, que oferece apoio logístico, de divulgação e uma marca já consolidada no mercado.

Em contrapartida, o franqueado tomar todas as decisões conforme os padrões da franqueadora. Isto vai desde a localização do imóvel onde funcionará o estabelecimento até a cor das paredes

Você já pesquisou sobre as melhores franquias para investir e decidiu ser um franqueado? Ótimo! Saiba quais são os passos que os empreendedores normalmente dão até a abertura da unidade:

  1. Pesquisar sobre as melhores franquias para investir

Antes de entrar em contato com qualquer franqueadora, é necessário decidir quais são as melhores franquias para investir levando em consideração não apenas suas aptidões e seu orçamento, mas também sua personalidade.

Por exemplo: se você é uma pessoa mais comunicativa, deve investir em negócios nos quais terá muito contato com os clientes, como lojas e restaurantes. Caso você seja mais reservado, pense em opções nas quais você se ocupará mais dos encargos administrativos, como escolas de idiomas.

  1. O primeiro contato com o franqueado

Pesquisou sobre franquias no Brasil e bateu o martelo sobre qual é a melhor para você? É a hora de fazer o primeiro contato com a franqueadora.

Normalmente as marcas disponibilizam um contato no site para interessados em serem franqueados. Após o contato, se a marca se interessar por você, você será chamado para uma entrevista.

Não se assuste caso o representante te faça muitas perguntas! Afinal, você é um porta-voz da marca em potencial, é claro que eles querem saber o máximo possível sobre você – e se você realmente tem o perfil empreendedor que as franquias exigem. Lembre-se que você também pode (e deve!) fazer perguntas e tirar dúvidas.

  1. Circular de Oferta de Franquia e assinatura do contrato

Você passou no processo seletivo da franqueadora? Parabéns! O próximo passo é a análise da Circular de Oferta de Franquia. É direito do franqueado em potencial recebê-la no mínimo 10 dias antes da assinatura do contrato.

A Circular de Oferta de Franquia consiste de um pacote de informações que você deve analisar antes da decisão final: contato de ex-franqueados que se desligaram nos últimos 12 meses, uma minuta do contrato, histórico da franqueadora, eventuais pendências judiciais, entre outros dados pertinentes.

Analise-as com atenção: você só é de fato um franqueado a partir da assinatura do contrato. Caso você descubra algo que te faça dar uma passo para trás, você pode desistir do processo sem nenhum ônus.

Caso a circular não aponte nenhum dado que te preocupe, é hora de assinar o contrato!

  1. Implementação da franquia

Este processo leva de 90 a 120 dias, em média. Você e a franqueadora escolherão o ponto, farão as reformas necessárias, recrutarão funcionários e farão todo o necessário para preparar a nova unidade para inauguração.

Lembre-se: por mais que você tenha certos direitos sobre a marca, eles são cedidos pela franqueadora. Por isso, ela pode influenciar em todas as etapas do processo e tem o direito de demandar modificações.

Postagens Recentes

Deixe um comentário