Solicite um orçamento, é rápido!

      Solicite um orçamento, é rápido!

          BLOG

          5 maneiras de reduzir as despesas em e-commerces: conheça agora!

          Para você, qual é a principal vantagem em investir em e-commerces? Alguns podem dizer que é a possibilidade de alcançar mais pessoas, outras diriam, na verdade, ser a flexibilidade de trabalho. Mas, certamente, ao menos passou pela cabeça de todas elas um benefício em comum: custos menores. O comércio digital contribuiu com grandes empresas, que buscaram formas de minimizar os gastos, e também pequenas empresas, que encontraram um meio sustentável de atuar no mercado. Exatamente por isso, o seu e-commerce não pode se voltar contra a própria essência e aumentar despesas. Por isso, hoje vamos conferir 5 maneiras de reduzir as despesas em e-commerces!

          imagem de pessoas conferindo planilha de gastos e gráficos

          Mas, espere aí. Acabamos de falar que a vantagem é menos despesas e agora precisamos ver como reduzi-las? Todo bom negócio está apoiado em um bom planejamento. Sem um plano de execução organizado e bem estruturado, o trabalho pode perder eficiência, o produto pode perder qualidade e, sim, o caixa pode perder retorno. Isso vale também para o e-commerce: é necessário aproveitar as oportunidades do mercado digital e estar atento para que elas não se transformem em ameaças.

          No caso de e-commerces, há algumas estratégias que vão ajudar você a diminuir custos operacionais, por exemplo, o que, por si só, vai te permitir centralizar a atenção para outros investimentos e o que realmente importa: novas possibilidades. Não é preciso dominar o ambiente web para conseguir vantagens. Basta construir bons hábitos dentro da sua empresa, com consciência e equilíbrio. Adotar maneiras de reduzir despesas em e-commerces, certamente, vai alavancar o seu negócio!

           

          5 maneiras de reduzir as despesas em e-commerces? Confere aqui!

          Um estudo realizado pela Webshoppers mostrou que o mercado digital brasileiro cresceu 31% de 2020 para 2021, quando comparados os primeiros seis meses de cada ano. Em parte, esse crescimento é reflexo direto dos 13 milhões de brasileiros que fizeram compras online pela primeira vez em 2020 e entraram de vez nesse mundo. Porém, com a elevação da demanda, aumenta também o número de empresas no ambiente digital. Logo, a competitividade também cresce. Por isso é tão importante aprimorar estratégias que permitam reduzir as despesas em e-commerces. Menos gastos representa, também, mais vantagem competitiva!

           

          Conheça as maneiras de reduzir as despesas em e-commerces

          1. Contrate uma empresa de logística para e-commerce

          A parte logística de um negócio é determinante para o seu sucesso. São várias e diferentes etapas que envolvem a logística – desde o recebimento de fornecedores até a entrega do serviço ao cliente. Quando falamos em e-commerce, dobre e redobre a importância da logística. Pois sem um espaço físico próprio, o controle e gerenciamento das atividades de transporte, armazenamento, recepção e distribuição pode ficar mais disperso e menos eficiente.

          Uma boa gerência da logística (ou e-logística, como é chamada no comércio digital) fica mais distante do seu negócio e pode acarretar muitas despesas. Para simplificar os processos e minimizar gastos desnecessários, contrate uma empresa de gestão de logística de e-commerce, especializada e experiente. As preocupações somem, você pode se concentrar em atividades mais diretamente ligadas ao seu serviço ou produto e as despesas caem. Sem dúvidas, é um ótimo investimento!

           

          1. Utilize um box de self storage para armazenar estoque 

          box self storage

          Imagine que você consegue um excelente time de logística, juntamente a um serviço ou produto de ótima qualidade. Jogo ganho? Um entrave a muitos e-commerces promissores é a falta de um bom local para armazenar o estoque. Sem uma sede física, os materiais e produtos do estoque podem ficar desorganizados e, infelizmente, comprometer todo o negócio. Mesmo que a equipe de logística tenha um bom desempenho, sem um armazenamento apropriado para o seu estoque, o trabalho não avança. E ainda tem mais: tudo isso pode danificar ou extraviar mercadorias.

          Para que não seja necessário gastar com recuperação de mercadorias e problemas com desorganização, utilize um serviço de self storage para armazenar estoque. Todo o restante do trabalho se tornará mais simples e prático. Você pode alugar pelo tempo que achar necessário, com as especificações de tamanho necessárias. Encontre uma ótima empresa de self storage e não tenha mais problemas com armazenamento no seu e-commerce!

           

          1. Acompanhe seu planejamento financeiro

          Não importa a área de atuação, o porte e, muito menos, se o comércio é físico ou digital: ter um planejamento financeiro alinhado, em dia e monitorado é inevitável! Sem acompanhar com regularidade o seu planejamento financeiro você não poderá identificar possíveis falhas ou pontos fracos da estratégia de seu e-commerce. Da mesma forma, o bom desempenho não será localizado e aprimorado ainda mais. Você não quer gastar sem saber o retorno financeiro desse gasto, certo?

          Independente se você está começando a sua empresa agora ou se os trabalhos já iniciaram: retome seu planejamento financeiro e inclua ele no seu dia a dia. Busque, se necessário, ferramentas que te ajudem a organizá-lo e estruturá-lo de um modo mais eficiente. 

           

          – Leia também:
          >>> Gestão de logística de e-commerce: a chave para se destacar no mercado

           

          1. Adote uma boa plataforma de marketplace

          Comércio digital significa ter um site e/ou perfil em redes sociais? As estratégias de e-commerce evoluem a cada dia. Hoje, um negócio que busca resultados no ambiente online não pode se restringir a estar presente nesses espaços. É preciso se atualizar sempre sobre tendências, ferramentas e mecanismos que estão inovando o e-commerce. Mais importante ainda, claro, é implementá-las na sua empresa. Afinal, investir em meios ultrapassados ou não investir naquilo que dá resultado é dinheiro jogado fora.

          Um ótimo instrumento para comércios digitais alcançarem clientes são as plataformas de marketplace. Basicamente, são plataformas que simplificam o encontro de vendedores e consumidores. No entanto, é preciso encontrar plataformas de vendas online que, de fato, ampliam suas chances de venda. Utilizar um marketplace ruim, novamente, é desperdício de investimento.

           

          1. Invista no relacionamento com o cliente

          Por fim, muitas vezes a melhor maneira de reduzir despesas não é nem reduzir, nem aumentar o investimento, mas direcioná-lo corretamente. Para finalizar nossa lista, não poderíamos deixar de falar especificamente do seu cliente. Quando se trata de um e-commerce, você não pode oferecer um aperto de mão, ótima conversa e cafezinho. O ambiente online afasta o contato humano entre o vendedor e o cliente. Há pontos positivos e negativos. O importante é que, nesse caso, é preciso direcionar investimentos para aprimorar o relacionamento com o cliente.

          No e-commerce, a fidelização do cliente é ainda mais delicada e necessita de bastante atenção. Afinal, basta o consumidor abrir uma nova guia na internet e lá estarão outras lojas de e-commerce. Por isso, é indispensável ter um ambiente digital atrativo, transparência e acompanhamento do cliente, mesmo depois da compra. Sem falar, é claro, em atendimento e suporte atentos, ágeis e eficientes!

           

          A Guarde Mais está ao lado do seu e-commerce!

          Para reduzir as despesas em e-commerces, conte com a Guarde Mais! Com vasta experiência, qualidade de serviço e atendimento eficiente, a Guarde Mais é a opção ideal de self storage e logística para e-commerce. Entre em contato: tem sempre uma Guarde Mais pertinho de você!

           

          – Leia também:
          >>> Qual a importância do last mile na logística do e-commerce?

          >>> O que é possível armazenar em um self storage?

          Deixe seu Comentário
          Deixe seu Comentário

          Idiomas