Solicite um orçamento, é rápido!
Solicite um orçamento, é rápido!
BLOG

O que é um operador logístico? O que faz?

|

O operador logístico se tornou importante em empresas, tendo papel fundamental em seu desenvolvimento. Mas, o que é um operador logístico e o que ele faz, especificamente?

Respondemos essas dúvidas neste post! Continue a leitura e saiba o que é, bem como o que faz um operador logístico, entre outras informações importantes sobre o tema.

Imagem de um porto com containers, caminhões e um operador logistico com um tablet na mão

O que é um operador logístico?

Quando ouvimos falar em operador logístico, logo imaginamos um cargo ou profissão dentro do ramo da logística, mas na verdade isso está errado. Um operador logístico é uma empresa que presta serviços logísticos para terceiros, ou seja, uma empresa contratada para fornecer serviços de administração e mão de obra logística para outras empresas.

A principal razão pela qual as empresas procuram um operador logístico é que o mercado atual demanda uma competitividade muito maior do que antigamente. Nos dias de hoje, as empresas precisam ofertar mais produtos por um valor cada vez menor de frete, o que pode ser um verdadeiro desafio se formos pensar em termos de logística.

As pequenas empresas muito dificilmente terão o capital necessário para ter um armazém compatível com um grande estoque de produtos, afinal, para ter um armazém que comporte uma quantidade alta de estoque é necessária uma grande área e também uma estrutura robusta, o que além de ter um investimento inicial muito alto também gera despesas elevadas ao longo do tempo para mantê-la.

E é por esse motivo que os operadores logísticos são tão importantes! Eles suprem as necessidades de empresas que não têm capital para investir em uma armazenagem, nem possuem a mão de obra ou os equipamentos necessários para a realização de toda a cadeia logística da operação da empresa.

Os custos dos operadores logísticos são muito mais interessantes do que gerenciar a operação logística de forma integral “dentro de casa”. Além disso, os operadores logísticos já possuem a experiência necessária na cadeia logística, o que também é muito procurado por grandes empresas que preferem terceirizar sua logística, de forma a utilizar o know how dos operadores.

A localização dos operadores logísticos é outro ponto que favorece as empresas que os contratam. Possuindo, muitas vezes, diversos armazéns, essas empresas conseguem entregar os produtos de forma muito mais rápida, afinal, as distâncias acabam se encurtando e também diminuindo os custos com envio de produtos, uma vez que a logística pode ser pensada de forma mais precisa de acordo com os negócios da empresa em regiões específicas do mapa.

 

Como funcionam os operadores logísticos?

Os operadores logísticos geralmente são divididos em três principais categorias e funcionam da seguinte forma:

 

Operadores logísticos comuns

São aqueles que prestam o serviço de logística mais “básica” por assim dizer. Gerenciam o armazém onde serão estocados os produtos e também o transporte e embalagem dos produtos.

 

Operadores logísticos focados na administração

Como o próprio nome já diz, são aqueles que não têm como foco realizar a armazenagem em si, mas sim prestar serviços de consultoria logística, fornece recursos humanos (mão de obra especializada) e também sistemas de gerenciamento de estoque.

 

Operadores logísticos híbridos

São aqueles que fornecem todo o processo logístico, desde o planejamento, a armazenagem até a mão de obra e a execução de todas as áreas logísticas.

 

O que faz um operador logístico?

Imagine todo o trajeto que um produto faz até chegar ao cliente, desde a compra do insumo para processamento e industrialização até as prateleiras do supermercado ou diretamente em sua casa, quando comprado online.

O operador logístico é o responsável por operacionalizar as etapas de aquisição de insumo, sua movimentação e armazenamento, bem como por transportar e distribuir o produto acabado.

Vale lembrar que essa é a definição geral das responsabilidades do operador logístico, mas ele faz muito mais do que isso, cuidando, por exemplo, do orçamento da área com gestão inteligente de recursos, de modo a reduzir custos.

Outras responsabilidades e principais áreas de atuação dos operadores logísticos são:

 

Estoque

O operador logístico atua diretamente na armazenagem e controle do estoque, de modo a evitar faltas e excessos. Paralelamente, também pode atuar estrategicamente no investimento de mercadorias com maior lucratividade.

A armazenagem é feita de maneira adequada, em um espaço tratado e que possibilite preservar insumos e produto final, sempre aproveitando a área interna da melhor maneira possível.

Já o controle normalmente é automatizado, de modo a ter maior conhecimento sobre tudo o que entra e sai do estoque, garantindo que a produção tenha continuidade (sem paradas por falta de insumos), além de evitar o comprometimento do estoque de produto final, assegurando que todos os clientes sejam atendidos dentro do prazo.

Geralmente, o operador logístico atua de forma integrada a outras áreas da empresa, como a de produção, comercial e marketing, principalmente no que se refere ao estoque, possibilitando que tenham conhecimento sobre o que a empresa possui e tomem decisões mais assertivas.

 

Gestão de transporte

O operador logístico também pode atuar na gestão de transportes, que envolve controlar e reduzir custos, roteirizar entregas, controlar frotas e assegurar a segurança de motoristas entregadores.

Outra responsabilidade é a gestão de despesas com transporte, especialmente no que se refere ao combustível, manutenção de veículos da frota, gastos com pedágio, diárias, motoristas, entre outros.

 

Gestão de pedidos

A gestão de pedidos também está entre as possíveis áreas de atuação do operador logístico, garantindo que todos sejam atendidos em tempo hábil.

A atividade envolve o recebimento e controle de pedidos, embalagem e manuseio de produtos, controle de entradas e saídas, com o correto direcionamento dos materiais, de modo a ter uma logística otimizada e com registro de todas as etapas.

 

Consultoria, gestão e administração logística

O operador logístico pode prestar consultoria e fazer a gestão e administração logística da operação da empresa. É a opção perfeita quando a empresa precisa de suporte em toda a operação logística ou parte dela, garantindo acesso ao conhecimento de profissionais especializados.

 

Mão de obra

A empresa que atua como operador logístico pode, ainda, fornecer mão de obra capacitada para o cliente, garantindo que processos inerentes à logística sejam realizados com qualidade e chance reduzida de retrabalho.

Dessa forma, a empresa consegue profissionalizar sua operação logística, garantindo um fluxo contínuo e sem comprometimento das atividades de demais áreas, atendendo prontamente todos os seus clientes.

 

Leia também:
>>> Sistemas de Armazenagem: Conheça os principais tipos e como funcionam

 

Benefícios da contratação de um operador logístico

A contratação de um operador logístico traz benefícios para a empresa, fazendo valer a pena o investimento. Saiba, a seguir, o que é possível obter:

 

Redução de custos

Quando contrata um operador logístico, a empresa não precisa investir diretamente em infraestrutura própria para armazenamento e transporte, terceirizando essas atividades, o que ajuda a economizar e tornar a operação integrada, de modo a otimizar processos.

 

Melhora de performance

O investimento nessa solução possibilita integrar a logística da empresa, bem como garantir conhecimento especializado, o que permite melhorar a performance da área e evitar retrabalhos, perda tempo e desperdício de recursos.

Dessa forma, a empresa consegue ganhar eficiência, bem como elevar seu nível de serviço, prestando um atendimento de qualidade para seus clientes, com entrega dentro de prazos acordados.

 

Diminuição de custos com mão de obra

Contratar um operador logístico equivale a terceirizar a operação ou parte dela, o que gera uma diminuição de custos com mão de obra, uma vez que a empresa já tem profissionais especializados e treinados para executar as atividades.

Dessa maneira, passa-se a ter maior previsibilidade sobre o orçamento, sem contar com gastos inesperados de encargos trabalhistas, além de economizar expressivamente.

 

Acesso a conhecimento especializado em logística

A contratação do serviço possibilita que a empresa tenha acesso a um conhecimento especializado em logística, passando a seguir as melhores práticas do mercado, sobretudo quando se utiliza mão de obra do operador internamente.

Esse conhecimento pode ser absorvido pela empresa, principalmente para otimizar a operação, de forma a torná-la moderna, com processo ágeis e que tragam uma melhor performance num menor prazo.

 

Antecipação de problemas

O operador logístico tem conhecimento especializado no segmento, o que lhe possibilita uma visão mais ampla, com capacidade de antecipar problemas e agir preventivamente.

Por isso, toda a operação logística, desde a compra do insumo até o transporte e distribuição do produto final, entra em um fluxo contínuo com chance reduzida de erro e redução da possibilidade de perdas ou prejuízos.

 

Compensa contratar um operador logístico?

importância da logística empresarial

Falamos acima que a contratação do operador logístico é uma alternativa repleta de benefícios, mas, será que compensa mesmo adotar essa solução?

Na realidade, depende do porte da empresa e do orçamento disponível. Os operadores logísticos são uma ótima forma de grandes empresas diminuírem os custos e otimizar o processo logístico, porém todo esse investimento pode ser muito custoso para micro e pequenas empresas que não conseguem justificar o investimento, ou não possuem um estoque tão grande que necessite desse serviço.

Para esses casos, uma boa solução é a utilização de um self storage, modalidade de armazenagem que cresce muito no Brasil. Com o self storage, sua empresa pode armazenar o estoque de forma muito mais barata e também se beneficiar das localizações estratégicas que o serviço pode proporcionar.

O self storage é um serviço que se diferencia por ter preço mais atrativo, sobretudo em comparação a demais soluções de armazenamento. Também chama a atenção por ter facilidade de contratação, flexibilidade de tempo de uso e segurança no estoque de mercadorias.

A empresa pode contratar, por exemplo, o guarda móveis para armazenamento desses itens, bem como o guarda estoque e guarda volumes. Precisa de um espaço maior para armazenamento? Neste caso, considere o aluguel de container em self storage!

Se interessou pela ideia? Entre em contato conosco e veja como podemos lhe ajudar a otimizar seu processo logístico. Clique aqui e veja nossas unidades pelo Brasil.

A Guarde Mais possui diversas unidades espalhadas pelo Brasil em pontos estratégicos para facilitar a vida de diversas empresas e clientes.

Um ótimo exemplo é unidade de self storage no Rio de Janeiro, que incluem para a região tanto os serviços de guarda móveis no Rio de Janeiro, quanto o de guarda volumes em Rio de Janeiro, a cidade maravilhosa, beneficiando assim diversas empresas com um melhor custo para o armazenamento de estoques.

Venha aproveitar e conferir as unidades de self storage para empresas Guarde Mais e faça um orçamento gratuito rápido, de maneira prática!

 

Leia também:
>>> Quais os benefícios em alugar um self storage?

>>> Por que investir em Centros de Distribuição para o seu e-commerce

 

Deixe seu Comentário
Deixe seu Comentário

Idiomas