Solicite um orçamento, é rápido!

      Solicite um orçamento, é rápido!

          BLOG

          Por que investir em Centros de Distribuição para o seu e-commerce

          Veja o porquê investir em centros de distribuição para e-commerce, quais processos envolve e detalhes sobre a logística para loja online.

          | |

          O que você vai encontrar neste artigo:

          Montar um e-commerce parece fácil, mas tem bastante trabalho para fazer! Uma das etapas essenciais para os bons resultados é a gestão de logística. Afinal, é ela quem irá garantir que seus clientes recebam as compras dentro do prazo esperado.

          Com uma gestão logística eficiente, o e-commerce assegura uma operação que funciona com qualidade e no menor custo possível. Além disso, cumpre prazos de entrega, proporcionando uma experiência satisfatória ao cliente.

          Assim, o e-commerce consegue se destacar entre os concorrentes, atendendo às expectativas dos clientes. Outra vantagem é que a boa logística influencia diretamente na reputação da empresa, tendo maior credibilidade.

          E, acredite, ter uma gestão logística eficiente é um grande diferencial em um mercado cada vez mais competitivo como o de comércio eletrônico. 

          De acordo com a ABComm Forekast, pesquisa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, o faturamento de lojas online cresceu R$ 18 bilhões em 2022 em relação ao ano anterior, atingindo R$ 169 bilhões. Até 2027, o total deve ultrapassar R$ 270 bilhões, indicando um aumento expressivo no consumo online dos brasileiros.

          Quer ter uma gestão logística eficiente para se destacar nesse mercado? Uma das formas de conquistá-la é investir em um centro de distribuição regional. Desse modo, diminuirá os custos com a operação e facilitará o envio de produtos para determinadas regiões.

          Para ficar mais clara a importância do centro de distribuição, prossiga com a leitura e descubra tudo o que você precisa saber!

          O que é um centro de distribuição?

          Como o nome sugere, é um local onde são armazenados produtos para serem despachados para outras unidades da empresa ou direto para a casa do cliente.

          Grandes empresas possuem vários CDs (centros de distribuição) espalhados pelo Brasil. Isso simplifica e diminui os custos com logística, já que cada centro logístico fica responsável pelas entregas de uma determinada região.

          O e-commerce permite vender para o país inteiro ou até para fora dele. Mas você sabia que uma das maiores reclamações dos clientes é com a entrega? Muitas lojas virtuais acabam atrasando ou cobrando fretes caríssimos. Isso prejudica a imagem da empresa e gera custos ainda maiores.

          Ao investir em centros de distribuição regionais é possível evitar esses problemas. Agora você percebe a importância de ter um centro de distribuição? Com ele, dá para deixar a mercadoria mais próxima do cliente, você gasta menos para entregar e faz todo o processo rapidamente.

          Quais são os processos de um centro de distribuição?

          O centro de distribuição possui processos básicos para garantir uma boa operação logística. Confira, a seguir, quais são os mais comuns e entenda detalhes sobre as rotinas de um CD:

          Recebimento e armazenamento de mercadorias

          O e-commerce encaminha as mercadorias para o centro de distribuição. Assim que chegam ao local, passam por uma conferência detalhada para aferir quantidade e qualidade dos produtos. Então, seguem para o armazenamento.

          Esse processo de guarda dos produtos ocorre usando equipamentos e sistemas para cadastro. A proposta é armazenar as mercadorias da melhor forma possível, de modo a otimizar e fazer melhor uso do espaço. Também se tem como foco facilitar o processo de separação e movimentação das mercadorias.

          Separação e embalagem de produtos

          Os próximos passos são a separação e embalagem dos produtos para encaminhamento a outros centros de distribuição ou ao cliente final. 

          Normalmente, são rotinas automatizadas, o que ajuda a acelerar os processos e dá maior precisão, minimizando erros e retrabalhos. Além disso, garante-se um melhor controle da movimentação do estoque.

          Expedição e distribuição

          Consiste no despacho dos produtos para envio ao endereço final. Nesse momento, também ocorre a geração de documentos de transporte e programação de entrega, com registro de cada movimentação para ter maior controle.

          A distribuição é quando o produto sai do centro logístico em direção ao destino final, seja para lojas, outros CDs ou ao cliente. Trabalha-se para que esse processo seja o mais rápido possível, realizando entregas em curto prazo.

          Gestão e controle de estoque

          Trata-se de uma das principais tarefas do centro de distribuição logística. O objetivo é garantir que se tenha registros precisos do que a empresa possui em estoque, bem como de eventuais movimentações, conseguindo rastrear os produtos.

          Por meio da gestão e do controle de estoque é possível evitar a falta ou excesso de produtos. Também dá para realizar compras estratégicas, fazendo melhor uso do orçamento do e-commerce.

          Leia também:

          >>> 10 práticas de logística para garantir o sucesso do seu e-commerce

          Logística para e-commerce: como planejar?

          O planejamento é a chave para qualquer negócio. Mas lembre-se que a porta só abre se você utilizar a chave. Por isso é importante pensar no que e como fazer, para em seguida colocar em prática.

          Antes de qualquer coisa, você precisa levar alguns pontos em consideração, como o manuseio correto dos produtos. Se é algo delicado, se exige uma embalagem especial, se precisa estar dentro de uma determinada temperatura, etc.

          Outro ponto que influencia na gestão da logística é o volume do item: se é vendido e entregue separadamente, em pequenas ou grandes embalagens. Se é leve ou pesado.

          Todas essas características contribuem para definir a forma como serão estocados e principalmente como serão entregues. A logística para e-commerce perfeita calcula todos esses fatores para definir onde esses produtos ficarão até serem vendidos.

          Veja, a seguir, o que mais você deve considerar para planejar a logística de seu e-commerce da melhor maneira possível, garantindo um processo bem estruturado, funcional e sem erros:

          Metas e indicadores

          É importante que estabeleça metas e quais são os indicadores que utilizará para medir o desempenho. Tenha o cuidado de definir objetivos fáceis de alcançar e vá aumentando a complexidade com o passar do tempo.

          Localização do centro de distribuição

          A localização precisa ser estratégica! O centro logístico deve estar próximo das principais vias da região, para facilitar a locomoção e reduzir custos de transporte. Se for um CD dedicado ao envio ao cliente, aposte numa localização perto de uma zona urbana central, para ficar mais próximo ao consumidor.

          Uso do estoque

          Faça um planejamento de como utilizar melhor o espaço do estoque. Tecnologias atuais podem ajudar nesse processo. Um sistema de WMS (Warehouse Management System ou sistema de gerenciamento de armazém), por exemplo, registra a movimentação de produtos, regras de estocagem, entre outros.

          Tecnologias de gestão logística

          Uma delas já falamos aqui: o WMS. No entanto, você pode implementar outros softwares, como o ERP (Enterprise Resource Planning – sistema integrado de gestão empresarial) e o TMS (Transportation Management System – sistema de gestão de transporte).

          São sistemas que automatizam processos, registram dados e viabilizam o controle e monitoramento das informações. Assim, poderá ter uma gestão logística muito mais eficiente.

          Parcerias logísticas

          Dedique um tempo à escolha de parceiros logísticos para seu e-commerce. Precisa de um espaço para armazenamento? Um bom local para estocar produtos de e-commerce é em um box de Self Storage

          O self storage para empresas tem valor baixo quando comparado ao aluguel de um galpão gigantesco. E o mais interessante é que é possível utilizá-lo como centro de distribuição em outras localidades. 

          É como se fosse uma nova unidade da sua loja/estoque, otimizando a entrega dos produtos para outras regiões. É uma boa alternativa principalmente se você tiver parceiros de confiança.

          O aluguel de box de self storage para empresas possui outras vantagens, como a flexibilidade no atendimento de demandas e a segurança do estoque. Considere, ainda, escolher parceiros para transporte de produtos.

          Logística e tecnologia para automação

          Você viu aqui que investir em tecnologias é um dos principais passos para ter uma logística eficiente. Com elas, é possível automatizar processos e ter acesso a dados precisos para fazer a gestão da operação.

          O ideal é que invista em tecnologias que possam ser integradas aos centros de distribuição para melhorar a eficiência operacional. É o caso do ERP, do WMS e do TMS, que são clássicos que funcionam bem em qualquer operação.

          No entanto, nada impede que você escolha outros sistemas complementares, desde que façam sentido para seu negócio e atendam às demandas. Há, por exemplo, softwares de roteirização, de gestão de frota, entre outros.

          Logística e centro de distribuição na prática: confira dicas

          Quanto mais perto do consumidor, menor será o custo de entrega. E mais rápido a compra chegará até o cliente. Isso significa que o centro de distribuição deve ficar em um local estratégico, que permita distribuir as entregas com facilidade e agilidade.

          Outra questão é enviar os produtos para o centro de distribuição. Eles precisam ser organizados e estocados corretamente. Isso permite maior produtividade no dia a dia, executando um serviço de excelência.

          A saída dos produtos do centro de distribuição para a casa do cliente também precisa ser planejada. Tenha uma rotina de saída e chegada de mercadorias. Estipule horários e formas, isso ajuda a otimizar os custos. 

          É possível usar transportadoras ou os Correios para efetuar as entregas finais. Seja qual for, escolha a que melhor irá respeitar o prazo de entrega e, principalmente, irá transportar os produtos em segurança.

          O software é uma ferramenta bem útil no controle do CD. Com ele, é possível conferir todos os itens disponíveis, quantos e quais já saíram. O empreendedor tem maior controle sobre o estoque em suas mãos, mesmo possuindo vários centros de distribuição. Por isso, é um investimento que compensa muito.

          A logística para e-commerce é um ponto fundamental, capaz de fazer sua empresa crescer ou falir. Logo, vale bastante a pena se dedicar a estudar mais sobre o tema.

          O centro de distribuição também é importante, principalmente com um e-commerce em expansão. Analise qual região do país tem mais entregas e procure criar um CD dentro dessa região.

          Soluções de logística para e-commerce

          Não possui equipe ou conhecimento especializado para lidar com a logística e distribuição para e-commerce? Então, considere terceirizar parte ou toda a operação.

          Entre as principais soluções de logística, destaque para o fulfillment de e-commerce. Trata-se de um serviço de gestão completa do processo logístico, cuidando de todas as etapas do pedido.

          Há, também, a dark store, que é uma solução de armazenamento estratégico, que deixa o estoque da loja online mais perto do cliente final. Aproveite para conhecer e garantir para seu e-commerce!

          Leia também:

          >>> Como funciona a logística de um e-commerce?

          >>> Quais são as vantagens de investir em uma unidade de franquia?

          Deixe seu Comentário
          Deixe seu Comentário

          15 − cinco =

          Fale conosco via whatsapp Clique aqui
          Idiomas