7 dicas para organizar a mudança

Para o bem ou para o mal, todo mundo muda de casa uma vez na vida. É fácil se atrapalhar ao organizar a mudança, e não é para menos: você terá que decidir o que fica e o que vai, além de empacotar e encaixotar muitas coisas.

Por mais que muitas pessoas entendam a mudança como sinônimo de bagunça, ela pode ser a oportunidade perfeita para deixar a bagunça acumulada de anos da casa antiga para trás. Veja como organizar a mudança residencial e torne o processo muito mais tranquilo!

 

organizar a mudança

Com as atitudes certas, organizar a mudança pode ser mais fácil do que imagina!

 

Planeje com antecedência

Quanto mais tempo você tiver para organizar as coisas antes da hora da mudança, melhor! Você terá que recolher caixas com conhecidos e em estabelecimentos dos arredores, fazer orçamentos com empresas de mudança ou, caso seu orçamento seja baixo, mobilizar amigos e familiares para ajudar no transporte de seus pertences. O ideal é que você tire alguns dias de folga no trabalho para organizar a mudança.

Programe-se

Crie um cronograma de mudança. Defina quantas caixas vai empacotar diariamente e quantos dias você vai dedicar a cada cômodo. O melhor é começar pelos ambientes que você menos frequenta, como o quarto de visitas. Seja realista: não se comprometa a empacotar 10 caixas a cada dia se você não tem tempo para isso. Se você empacotar 2 caixas por dia, em um mês você terá 60 caixas prontas para a mudança.

Elimine o que for inútil

Aproveite que você terá que mexer em todas as suas coisas para se livrar daquilo que for inútil. Afinal, o que ficou largado no fundo da gaveta na casa atual continuará assim no novo lar. Doe ou venda o que estiver em bom estado e jogue fora tudo o que não puder mais ser usado. Organizar a mudança significar um novo lar bem menos caótico!

Organize as caixas

Crie um sistema de nomenclatura para suas caixas de acordo com o cômodo onde os objetos em seu interior serão colocados.

Uma das formas de fazer isso é usar um sistema de cores. Por exemplo: se você associar o verde à cozinha, cole cartolinas verdes em todas as caixas que contêm itens de cozinha. Ao chegar à casa nova, cole na porta de cada cômodo um pedaço de cartolina da cor correspondente e coloque todas as caixas desta cor lá imediatamente.

Há também a possibilidade de usar um sistema de números. Digamos que a sala seja o número 100: todas as caixas com itens deste cômodo serão numeradas 101, 102, 103 e assim em diante.

Caso você tenha poucos pertences, pode simplesmente escrever o nome de cada cômodo na caixa correspondente. Da mesma forma, assim que a caixa chegar na casa nova, coloque cada caixa em seu cômodo imediatamente.

Não esqueça do clássico “FRÁGIL” nas caixas que contêm objetos facilmente quebráveis.

Faça um inventário de seus objetos

Em um caderno ou fichário, anote os nomes que você atribuiu às caixas e escreva tudo o que você colocou em cada uma. Vai que na sua primeira noite na casa você esquece que não tinha espaço na caixa da cozinha e acabou colocando a chaleira na caixa de coisas do quarto?

Monte um kit de sobrevivência

A primeira noite na casa nova será caótica, para dizer o mínimo. Separe uma caixa com um kit de sobrevivência para a ocasião, com roupa de cama, toalhas, mudanças de roupa, pratos e talheres descartáveis, etc. Se você tiver filhos, talvez seja melhor que eles passem a noite com amigos ou familiares enquanto pai e mãe se ocupam de organizar a mudança.

Depois de organizar a mudança

A tarefa de organizar a mudança não acaba quando todas as caixas foram esvaziadas. Não se esqueça de atualizar seu endereço em instituições como banco, Detran, empresa de telefone, internet, TV a cabo e celular, cartão de crédito, etc. Você não quer nenhuma correspondência importante indo parar em seu endereço antigo, não é mesmo?

Postagens Recentes

Deixe um comentário