Solicite um orçamento, é rápido!

      Solicite um orçamento, é rápido!

          BLOG

          O que esperar do comércio eletrônico no Brasil em 2024

          |

          O que você vai encontrar neste artigo:


          O segmento de comércio eletrônico no Brasil é um dos mais lucrativos. Para se ter uma ideia, em 2022 o e-commerce brasileiro movimentou aproximadamente R$ 169 bilhões, de acordo com dados da Associação Brasileira do Comércio Eletrônico (ABComm).

          Trata-se de um setor dinâmico, que apresenta novas tendências a cada ano. Para 2024 não é diferente! Aqui, você conhece quais são as principais tendências, o que esperar do comércio eletrônico brasileiro em 2024 e como se preparar para ter melhores resultados. Acompanhe!

          Comércio eletrônico no Brasil em 2024: principais tendências

          As tendências para e-commerce no Brasil em 2024 envolvem desde a experiência do consumidor, passando por inovações no setor até a preocupação com a sustentabilidade na logística.

          A seguir, apresentamos as que mais se destacam e que empreendedores e gestores de e-commerces devem estar atentos. Assim, conseguirão gerar mais oportunidades de negócio, terão maior chance de alta lucratividade e redução de custos. Confira quais são essas tendências:

          1. Foco na experiência do cliente

          Proporcionar uma experiência satisfatória ao cliente é uma das principais tendências para o e-commerce em 2024. Com ela, é possível fidelizar esse cliente, o que impacta diretamente nas vendas, com alta possibilidade de recompra.

          Afinal, você não quer vender somente uma vez para esse cliente, mas sim gerar uma lembrança contínua da marca e conquistar sua confiança. Com uma experiência satisfatória é possível garantir tudo isso, além de um relacionamento duradouro.

          Para obter esses resultados, o e-commerce precisa entender a jornada do consumidor e interagir com ele conforme cada etapa em que está. Portanto, essa interação é personalizada, com abordagens mais sofisticadas voltadas a atender necessidades pontuais de clientes.

          Mas como fazer isso? Por meio de outra forte tendência: o investimento em Inteligência Artificial (IA) e tecnologias avançadas que têm como foco a análise de dados. Tais ferramentas podem, por exemplo, fazer recomendações de produtos personalizadas ao cliente e oferecer experiências de compra exclusivas.

          2. Crescimento do mobile commerce

          O mobile commerce, também chamado de m-commerce, está em pleno crescimento e isso deve se manter em 2024 como forte tendência.

          De acordo com um estudo divulgado pela RankMyApp, no primeiro semestre de 2023 foram feitas 15,7 milhões de instalações de aplicativos de varejo online. Isso representa um aumento de 2,6% em comparação ao primeiro semestre de 2022.

          Na prática, isso significa que o brasileiro já se acostumou a comprar online e utiliza o celular para fazer isso. Em grande parte, esse movimento se deve à praticidade, mas também à possibilidade de conseguir descontos exclusivos dados pelas lojas para quem compra pelo app.

          Quer aproveitar essa tendência para não perder vendas? Então, é importante ter um aplicativo próprio de sua loja ou estar em marketplaces. Outra dica é garantir, no mínimo, um e-commerce responsivo, que seja otimizado para uso por celular.

          3. Aumento das compras online de alimentos

          Uma categoria de produtos vem crescendo no interesse dos consumidores nos últimos anos: a de alimentos. Trata-se de um reflexo da pandemia de covid-19, que acelerou esse movimento e a compra de mantimentos pela internet continuou no hábito dos consumidores pela praticidade.

          A expectativa de aumento das compras online de alimentos para 2024 é uma boa notícia para supermercados, que podem ampliar sua participação nas vendas online, oferecendo um serviço conveniente e personalizado aos seus clientes.

          Também é uma alternativa para focar em nichos específicos, que costumam ter grande procura, como os de alimentos orgânicos, veganos e regionais.

          Vale lembrar que investir nessa tendência envolve investir, também, em tecnologia, logística e distribuição para e-commerce para venda desses produtos, garantindo que tudo chegue em perfeito estado ao cliente. Foque na experiência ao cliente!

          4. Chatbot

          O atendimento automatizado é uma das tendências mais marcantes para o e-commerce brasileiro em 2024, sobretudo por meio de chatbots. O objetivo é dar suporte rápido e em tempo real ao cliente, facilitando o acesso a informações.

          A expectativa é que esse recurso, que já vem sendo usado por e-commerces, torne-se ainda mais eficiente com o uso de inteligência artificial e aprendizado de máquina. Dessa forma, será possível reduzir a demanda de atendimento em outros canais, além de realizá-lo de maneira personalizada.

          5. Sustentabilidade

          O consumidor atual tem uma maior consciência ambiental, o que levou a um movimento de busca por marcas e produtos que demonstrem um compromisso com práticas sustentáveis.

          Mas como adotar processos sustentáveis para seguir essa tendência? Existem diferentes formas de fazer isso, é só analisar seus processos e identificar oportunidades de mudanças para práticas baseadas na sustentabilidade.

          Entre elas, destaque para as práticas logísticas sustentáveis. O e-commerce pode, por exemplo, adotar embalagens reutilizáveis para encaminhar os pedidos.

          Também há a possibilidade de utilizar centros de distribuição avançados, mais próximos do cliente final, para reduzir o percurso de transporte e emitir menos poluentes durante a entrega.

          Outra opção é adotar alternativas mais sustentáveis para entrega de pedidos, como uso de carros elétricos ou disponibilização de pontos de retirada em locais estratégicos, próximos ao cliente final.

          6. Logística avançada para entregas rápidas

          O cliente dá prioridade para a empresa que entrega o pedido o quanto antes, por isso a entrega rápida se tornou uma das principais tendências para e-commerces.

          Uma das formas mais eficazes de ter entregas rápidas, com alta taxa de sucesso, é pela implementação de uma logística avançada. Na prática, isso significa investir em serviços de logística para e-commerce que viabilizam a entrega no prazo e com qualidade.

          Entre as principais soluções, destaque para a dark store São Paulo, serviço da Guarde Mais, que é uma empresa logística e-commerce especializada e com vasto expertise. Há, ainda, a opção de investir no fulfillment para e-commerce.

          A dark store viabiliza o armazenamento de produtos perto do cliente final, o que reduz o percurso de entrega, dando agilidade a esse processo. Além disso, diminui custos com transporte.

          Já o fulfillment é uma solução de gestão logística, garantindo que todos os processos aconteçam com rapidez, de modo a acelerar as entregas. Aproveite para conhecer e conte com essas soluções em seu processo logístico para torná-lo avançado e com entregas rápidas!

          Leia também:

          >> 4 coisas que você precisa saber sobre um guarda móveis
          >>> Como alugar um container para armazenamento?

          Deixe seu Comentário
          Deixe seu Comentário

          5 × 4 =

          Fale conosco via whatsapp Clique aqui
          Idiomas