Solicite um orçamento, é rápido!

      Solicite um orçamento, é rápido!

          BLOG

          Como lojas de e-commerce podem aproveitar dos serviços de um Self Storage?

          |

          Embora a criação de uma loja virtual seja mais facilitada, com menos burocracias, gastos reduzidos e apresentarem uma probabilidade de renda sem investimentos grandiosos, ainda assim é necessário possuir um local para armazenar o estoque de produtos.

          Tendência no mercado, o self storage é um serviço de aluguel de box que oferece soluções com custos mais baixos, o que auxilia no crescimento do seu negócio. Além disso, pode servir como um last mile e ajudar na gestão de logística de e-commerce.

          imagem de um homem conferindo estoque

          Confira neste artigo como a parceria entre lojas virtuais e o self storage da Guarde Mais podem funcionar!

           

          Logística de e-commerce

          Para entender como um self storage pode beneficiar o seu negócio, precisamos entender as etapas envolvidas na logística de e-commerce. Ela envolve transporte, armazenamento, recepção e distribuição de mercadorias, e para tais atividades é fundamental um planejamento para o bom desempenho e crescimento de um negócio virtual.

          Isso porque o cliente espera receber suas compras com qualidade, sem atrasos e de acordo com as suas expectativas, impactando diretamente em sua satisfação. Portanto, garantir a experiência de compra é um ponto necessário, desde o atendimento online até o recebimento dos produtos.

          Entretanto, a abertura de uma loja virtual também necessita de um endereço fiscal. Este endereço é o que consta no registro do CNPJ, em órgão públicos e nas notas fiscais. A maior vantagem está no fato de que esse é um endereço que pode ser terceirizado, ou seja, sua loja pode estar sediada em um estado e o endereço fiscal, em outro.

          E aqui na Guarde Mais, podemos te ajudar com esse caso, servindo como endereço fiscal para a sua loja virtual, o que torna toda a logística do e-commerce um processo mais dinâmico.

           

          Gestão de logística de e-commerce

          Para uma boa gestão logística do seu e-commerce, é importante monitorar o nível de estoque, conferir demandas e saber quando realizar novos pedidos de fornecedores.

          Por exemplo, uma quantia muito grande em estoque aumenta o custo de armazenamento e compromete o espaço que poderia ser disponibilizado a outro produto. No entanto, quantias muito baixas podem fazer com que não se consiga atender a demanda, levando o negócio a perder vendas e prejudicar a sua imagem.

          Assim, uma boa gestão traz:

          • Redução de custos de armazenamento;
          • Otimização do espaço para estoque;
          • Evita indisponibilidade de produtos.

           

          Gerenciamento de logística de e-commerce

          Para que haja uma boa gestão da loja virtual, sua atuação se divide em vários passos. São eles:

          • Recebimento e conferência da mercadoria;
          • Armazenamento;
          • Reposição de estoque;
          • Separação de pedidos;
          • Preparação de pedidos (conferência, embalagem, etiquetagem);
          • Envio para transportadora;
          • Rastreamento;
          • Controle de entrega.

           

          Leia também:
          >>> Planejamento logístico para e-commerce: tudo o que você precisa saber

           

          Last mile para e-commerce

          Assim como ocorre com o endereço fiscal, uma empresa de self storage também pode servir como last mile. Mas você sabe o que essa palavra significa?

          Do inglês para “última milha”, o last mile busca atingir de forma positiva o cliente. Ou seja, no segmento de transporte, é o último passo na etapa de entrega de uma encomenda — o momento em que o pedido sai do centro de distribuição ou do estoque e segue até o cliente.

           

          Como um self storage atua com o last mile?

          Mais o que o last mile, uma empresa de self storage especializada também pode agir em diversos processos de logística para e-commerce — até mesmo em todos, basta terceirizar esse serviço. Desta forma, a empresa fica responsável pela entrega dos seus produtos, além do gerenciamento do depósito de estoque — como ocorre com o fulfillment.

           

          Fulfillment para e-commerce

          Essencial para conquistar e manter a relevância em um cenário competitivo, o fulfillment é uma estrutura que afeta de modo positivo os custos dos negócios e a forma como sua loja virtual é enxergada pelos clientes, tanto novos quanto antigos.

          Não é novidade que a armazenagem, o manuseio, a preparação e o transporte de produtos possuem custos que se vinculam ao funcionamento da empresa. Neste caso, como mencionado acima, é possível terceirizar esses serviços de uma empresa especializada, como é o caso da Guarde Mais.

          De forma geral, fulfillment é um conjunto de atividades que tem como objetivo fazer com o que um produto comprado em um e-commerce chegue ao destinatário final do jeito mais satisfatório e eficiente possível.

          Além de maior praticidade, a terceirização do fulfillment permite que atividades complexas demais para serem gerenciadas internamente, possam ser administradas por uma empresa competente e com know-how e expertise de mercado.

           

          Soluções de fulfillment para e-commerce

          imagem de duas pessoas no almoxarifado, um homem segurando uma caixa e uma mulher com um tablet na mão.

          O fulfillment para e-commerce é composto por quatro etapas principais. São elas:

           

          1. Armazenagem e controle de estoque

          Local onde os produtos que serão vendidos ficam armazenados temporariamente. Para melhor controle, é necessário gerenciar entradas e saídas no estoque para que nenhum produto fique sem reposição.

          Vale lembrar que estoques não precisam necessariamente estarem próximos da sua loja virtual, portanto, é possível alugar container ou box de self storage para guardar os seus produtos de forma segura.

           

          1. Picking (separação)

          Esta é a etapa em que é realizada a separação dos produtos vendidos em sua loja virtual. Para fazer isso de forma eficiente, é preciso uma lógica bem estruturada de organização e classificação dos itens no estoque.

           

          1. Packing (embalagem)

          Necessária para que o produto fique bem protegido e não ocorra avaria, um produto bem embalado tem menos riscos de provocar despesas extras com reposição e transporte. É nesse ponto, também, que é feita a etiquetagem.

           

          1. Transporte

          Estando o produto separado, embalado e etiquetado, está pronto para o transporte. Aqui pode acontecer de duas formas:

          • Pode ser enviado para uma empresa transportadora, a qual irá encaminhar o produto até o comprador, principalmente se em outra cidade ou estado;
          • E existe a modalidade de last mile.

           

          Empresa de logística

          Detentora da maior rede de self storage do Brasil, a Guarde Mais possui vasta experiência no mercado e tem se expandido cada vez mais. Desta forma, oferecemos serviços de logística, endereço fiscal, fufillment e last mile para e-commerce.

          Com uma rede de colaboradores em todo o país, as soluções logísticas para e-commerce da Guarde Mais são as que possuem o melhor custo-benefício!

          Entre em contato conosco para mais informações ou solicite um orçamento!

           

          Leia também:
          >>> Por que o self storage é uma opção logística para sua empresa?

          >>> 5 dicas para ganhar dinheiro usando um box de self storage

          Deixe seu Comentário
          Deixe seu Comentário

          Idiomas